Linguagem[+]

quinta-feira, 5 de maio de 2022

CINCO DE MAIO – DIA MUNDIAL DA LÍNGUA PORTUGUESA

IMAGEM WEB

“Inculta e bela”, doce língua de diversos

Povos que a falam com muita altivez.  

Língua amada do povo português,  

Como Camões, que a usou em vários versos. 

                               

Homenagem ao Dia Mundial da Língua Portuguesa e a Olavo Bilac:


LÍNGUA PORTUGUESA

                                Olavo Bilac


Última flor do Lácio, inculta e bela,

És, a um tempo, esplendor e sepultura:

Ouro nativo, que na ganga impura

A bruta mina entre os cascalhos vela...


Amo-te assim, desconhecida e obscura,

Tuba de alto clangor, lira singela,

Que tens o trom e o silvo da procela

E o arrolo da saudade e da ternura!


Amo o teu viço agreste e o teu aroma

De virgens selvas e de oceano largo!

Amo-te, ó rude e doloroso idioma,


Em que da voz materna ouvi: "meu filho!"

E em que Camões chorou, no exílio amargo,

O gênio sem ventura e o amor sem brilho!



31 comentários:

  1. Caro amigo Laerte,
    Gosto de etimologia, de dizer e escrever palavras simples e “engravatadas”. Direi melhor: gosto dos idiomas, de poder aprender novas línguas, pois, as palavras são para mim “corpos mitológicos”, com força de edificar nações.
    Bem disse “Bernardo Soares” (um dos heterônimos de “Fernando Pessoa”):

    “A minha Pátria é a Língua Portuguesa!”

    Apreciei muito esta publicação.
    Saudações rotárias!!!

    ResponderExcluir
  2. Caro Laerte
    Hoje, 5 de Maio, dia dedicado à Língua Portuguesa que bela homenagem inseriu nesta sua página! Poema seu, lindíssimo e o
    de Olavo Bilac, também poeta sempre lembrado.
    Grande abraço, meu amigo.
    Olinda

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, amigo Laerte!
    Bela homenagem à Língua Portuguesa, que é suportada por dois belos poemas!
    Parabéns!

    Continuação de boa semana.

    Abraço forte!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Caro Laerte
    Em primeiro lugar agradeço-lhe o belo comentário que me deixou
    no "Xaile de Seda", relativo ao post em homenagem à Língua Portuguesa, que muito me sensibilizou.
    Será um prazer para ver aqui o video do Hino à CPLP, pelo que lhe
    trago o endereço:
    https://www.youtube.com/watch?v=pODcomWNzis
    Muito obrigada pelas suas palavras de apreço, meu amigo.
    Abraço
    Olinda

    ResponderExcluir
  5. Estou a ouvir uma entrevista (Ana Paula Laborinho) acerca do tema.
    Abraço, bfds

    ResponderExcluir
  6. Gostei desta sua homenagem à Língua Portuguesa. Lindo o poema de Olavo Bilac.
    Abraço, saúde e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  7. O Parnasianismo foi de facto, o movimento que mais cultuou a palavra e a estética da poesia...
    Há 90 anos, na Semana de Arte Moderna, o seu estilo foi criticado e rejeitado...
    VIVA A LÍNGUA PORTUGUESA... SEMPRE!
    Desejo-lhe um bom fim de semana e um feliz Dia de Mães.
    Abraço amigo.
    ~~~

    ResponderExcluir
  8. Se estivéssemos no Facebook, eu daria um like superlativo. Como não estamos, e ainda bem, congratulo-me pelo cultivo do mais profundo que uma língua poderá almejar.

    Um abraço :)

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Vi que em São Paulo no museu da língua Portuguesa fizeram uma linda homenagem...Desejo-lhe uma semana repleta de luz.
    Abraços Loiva

    ResponderExcluir
  11. Linda e merecida homenagem. Muito bom o teu blog, estou te seguindo.
    Estou com um novo blog, uma nova proposta, te convido a conhecer e me seguir por lá, abraços! ;) https://botecodasletras2.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Hermoso homenaje. Te mando un beso.

    ResponderExcluir
  13. ~Gostei muito desta publicação
    Olavo Bilac, merece estar aqui. Gosto muito dele , costumo ler para a minha neta alguns poemas infantis que ele tão bem escreveu.
    Brisas doces para esse lado **

    ResponderExcluir
  14. Que linda homenagem à nossa língua. Gostei muito de ler.
    Boa semana :)

    ResponderExcluir
  15. Linda homenagem à Lingua Portuguesa . Gostei de ler os belos pomas.
    Abraço e boa semana

    ResponderExcluir
  16. Maravilha de postagem, Laerte, junto-me a essa tua linda homenagem à nossa língua portuguesa, nossa casa, nossa vida! Um mundo todo nosso. O Hino é maravilhoso. Como nos sensibilizamos quando homenageamos o que é nosso, não é, amigo? Esse Hino me balançou.
    Uma feliz semana, querido amigo.
    Beijos e abraços para vocês aí nessa Ilha maravilhosa.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  18. Belíssima homenagem à Língua Portuguesa.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  19. Todas las lenguas deben ser amadas por sus hablantes y respetadas por aquellos que no las conocen.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  20. Happy great day for Portuguese Language

    .

    ResponderExcluir
  21. Belíssima homenagem a língua Portuguesa!

    Obrigada pela visita e comentário em minha página.

    Um abraço amigo.

    ResponderExcluir
  22. Somente um poeta como tu, pra poetar assim, com essa maestria. Gosto muito dos teus poemas e textos, caro poeta Laerte. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  23. Pessoalmente também me sinto honrado por esta tão significativa Homenagem á nossa Língua.
    Te agradeço, também, o facto de a elevares com este belo Soneto de Olavo Bilac.
    Tudo perfeito, Tudo belo.
    A minha Homenagem


    Abraço
    SOL da Esteva

    ResponderExcluir
  24. Que homenagem linda, uma das línguas que se destacam no mundo, os portugueses que o digam, aqui no Brasil a falamos, escrevemos, sentimos e juntos estamos parabenizando ao Dia Mundial da Língua Portuguesa.
    Belo poema de Olavo Bilac!
    Amei ler querido amigo poeta Laerte!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  25. Hermosísimo poema para homenajear de la lengua portuguesa.
    Me encanta el idioma portugués.
    Aunque llego un poco tarde, me ha encantado leer esta bella poesía.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  26. Viva a nossa língua. Enquanto professora, trabalhei muito com esse poema. Muito bom. Obrigada pela postagem. Obrigada pela visita. Um abraço.

    ResponderExcluir
  27. Boa tarde, nobre amigo Laerte.Agradeço a sua visita e comentário em meu blog.
    A nossa Língua Portuguesa merece, sim todas as homenagens.Sua postagem está maravilhosa e completa, pois nos traz um dos poemas de Olavo Bilac. Ele que foi um dos mais famosos no início do século XX. A empolgante letra e música do hino. O nosso idioma é belíssimo, às vezes imcompreendido , mas não deixa de ser lindo.Parabéns, um abraço!

    ResponderExcluir
  28. duleces versos donde la luna baila y se expande entre las miradas de estrellas alli donde las haya canciónes del alma que hacen latir a borbotones el corazón...un hermoso homenaje a Olavo Bilac en el dia de las letras portuguesas ...Silo Lirico , momento que aprovecho para invitarte a mi nuevo post que deseo sea de tu agrado , feliz semana y un fuerte abrazo mi querido amigo tuyo siempre. jr.

    ResponderExcluir
  29. Boa tarde de paz, Laerte!
    O clássico de Bilac, jamais esquecido.
    Nossa Língua é bela e deve ser sim reverenciada com respeito e afeto.
    Tenha uma nova semana abençoada de paz!
    Obrigada pelos elegantes comentários que me deixa.
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  30. Uma publicação notável homenageando e assinalando a Língua e o universo literário português, perante tão simbólica menção a Camões!
    Só hoje me dei conta, de que teria deixado escapar esta publicação...
    Um grande abraço! Feliz semana!
    Ana

    ResponderExcluir