Linguagem[+]

segunda-feira, 8 de março de 2021

DIA DA MULHER (QUANTO OS OUTROS TREZENTOS E SESSENTA E QUATRO).

 

                                                                  OBRAS DO ARTISTA RODRIGO DE HARO


“Deus deu para o homem, um trono e à mulher, um altar.” Por essa razão, devemos sempre, todos os dias, glorificar a mulher. Hoje, além de louvar todas as mulheres do mundo, começo por exaltar a minha santa e a minha deusa: a santa padroeira do meu Estado natal, Catarina de Alexandria e a deusa do meu sacrário amoroso Sandra Maria. 

Esta data é de júbilo, dia especial dedicado à reflexão da existência feminina como símbolo de sensibilidade, cordialidade, amor, coragem, fé, esperança, persuasão e caridade – atributos mais acentuados, normalmente, no ser feminino, dada a própria essência dele que Deus dotou com o dom da procriação e do amor materno – o mais intenso e duradouro amor existente na humanidade.

Que cada mulher mantenha a luta por suas conquistas, a exemplo da imortal Marie Gouze (Olymepe de Gouges), “a guilhotinada por querer revolucionar demais”.


Ano de 2021 é o ano do bicentenário de Anita Garibalidi, quando se realizarão, em todo o mundo, homenagens e resgate da história dessa heroína catarinense. 




 

DIA INTERNACIONAL DA MULHER


Sou de Santa Catarina

E como catarinense,

O orgulho me convence 

Ter na imagem feminina 

De Alexandria, divina, 

Por símbolo do amado ser;

Um ser sublime por ter 

O dom da procriação 

E amor materno que são  

luzes a se enaltecer.

 

Santa Catarina é terra 

De femininas figuras 

Sóbrias, gentis, meigas, duras!...

Anita fez uma guerra 

Aqui; e quando se encerra,

Fez outra em itálico solo, 

Com Garibaldi por polo 

Norteando unificação 

Da Itália, uma Nação 

Que ela segurou ao colo.

 

Na política, Antonieta

De Barros foi excelente! 

Tribuna ativa, eloquente 

E de exímia caneta. 

Essa ebânea borboleta 

Dona de toda a elegância,

Punha ao chão a arrogância 

De político oponente 

Que quisesse ser mais gente

 Ao dar-lhe certa distância. 

 

Em nossa literatura,

O exemplo de Maura Sena

Protagoniza essa cena.

Albertina, na candura!

Zilda Arns foi figura 

Heroica, cujo humanismo

Ceifou-lhe em um cataclismo.

Vera Fisher, Miss Brasil

Lembra a beleza sutil  

Da mulher, segundo eu cismo.

 

E há a Francisca, princesa 

Que ganhou grande extensão, 

Em catarinense chão

Da coroa portuguesa.

E ela com sua alteza

Príncipe Joinville, consorte,

Colonizaram o Norte

Do Estado Catarinense 

Ao qual Joinville pertence,

Cidade de grande porte.

 

Levo às mulheres do mundo,

Flores! Por exemplo: rosas

Que são flores glamourosas 

Com as quais suas mãos inundo. 

E as suas almas, no fundo,

Regozijar-se-ão ao ter, 

Com a mente, o prazer 

Da modesta exaltação, 

Atenção e luz que são 

O que merece esse ser. 

 

Canto à mulher e ao encanto

De todas. Em especial,

Neste Dia Universal, 

Dedicado a ela. Canto 

Ao amor materno tanto 

Daquela que deu à luz, 

Quanto ao da que conduz 

O filho à luz da vida,

Que por mãe também é tida 

Porque seu amor faz jus.

 

Meus parabéns a esses entes

Maravilhosos, divinos,

Pelos quais badalam sinos 

Do amor terno dos amantes 

Nos inúmeros quadrantes 

De todos os universos. 

Homenageio os diversos 

Exemplos dos femininos 

Seres e seus destinos, 

Com meus atrevidos versos! 

Parabéns! 

Laerte Tavares 



35 comentários:

  1. Um poema esplendido numa publicação brilhante. Parabéns e obrigada!:)
    -
    São dias assim no meu estado
    -
    Beijos e uma excelente semana :)

    ResponderExcluir
  2. Maravilhosa poesia e homenagem.Agradeço da minha parte! abraços, chica

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente brilhante. Homenagem à mulher do mais bonito que já li ao nível poético. O meu aplauso e elogio
    .
    Votos de um dia feliz
    Cuide-se
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  4. Tu poema ofrece varios costados para reconocer a la mujer como ser humano, igual y diverso. Un abrazo. Carlos

    ResponderExcluir
  5. Boa noite, caro Laerte, primeiramente agradeço-lhe pela visita e rico comentário em meu espaço.Aqui encontrei uma publicação valorosa em homenagem à mulher.Também sou catarinense, por isso, parabenizo o nobre poeta pelas citações em seu texto e poema.Reafirmo que o poeta é um mágico, pois escolhe com prudência as palavras, com as quais faz uma mágica que encanta a todos agrada gregos e troianos,diferentemente do que disse Clarice Lispector:"Eu escrevo para nada e para ninguém. Se alguém me ler será por conta própria e auto-risco. Eu não faço literatura: eu apenas vivo ao correr do tempo. O resultado fatal de eu viver é o ato de escrever”.
    Gratidão.

    ResponderExcluir
  6. Dia de aniversário da minha mulher.
    Passado, como sempre, a namorar.
    Abraço, boa semana

    ResponderExcluir
  7. Obrigada amigo pelo lindo poema dedicado ás mulheres lindo de se ver...um beijinho e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  8. Belíssima homenagem, Laerte!
    Todas as mulheres que leram nesse 'Dia Internacional da Mulher', tantas homenagens, sem dúvida ficarão muito contentes pelo reconhecimento, mas digo que ainda temos muito chão pela frente para sermos reconhecidas pelo que fazemos, pois ainda hoje, temos de matar um leão por dia para provarmos do que somos capazes. Olhe o que as muheres estão fazendo nessa triste pandemia! Emociona! E reconhecemos, também, o valor de todos os profissionais da saúde, inclusive os homens.
    Beijos, um especial à Sandra, tua bela musa!

    ResponderExcluir
  9. Como nos dices en tu fantástico reportaje donde das un homenaje mas que merecido a las mujeres de diversas maneras en resto de los días del año también deben ser homenajeadas y respetados todos sus derechos.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  10. Olá Laerte, passando por aqui e admirando o belo texto de homenagem à mulher e às mulheres que preenchem a terra com o seu carinho, beleza e ternura :)
    é uma metade da humanidade mas que cria a humanidade inteira :)
    e vejo que mulheres famosas saíram dessa terra

    vi a história da Anita Garibaldi(1821-1849) e aprendi que foi
    Anita de Jesus Ribeiro, descendente de familiares dos Açores
    Filha de Bento Ribeiro da Silva,
    a portuguesa/brasileira/italiana (em 1821 ainda não existia a cidadania brasileira !) e essa mulher de grande coragem que deixou o marido e acabou por se juntar a Giuseppe Garibaldi refugiado na América do Sul (tinha sido condenado á morte na Itália e tornou-se mercenário nas várias ex-colónias espanholas) e com ele participou em várias revoltas no Brasil e foi lutar com Giuseppe para a unificação da Itália, tendo tido vários filhos,
    infelizmente morre ainda jovem de febre tifoide na Itália
    uma vida muito preenchida que foi a dessa mulher guerreira !
    abraços

    ResponderExcluir
  11. Life is made every day, do not wait for Friday or the holiday to be happy. Every day of life is worth living well, because every day can be special.

    ResponderExcluir
  12. Boa noite!
    Uma bela homenagem, citando grandes mulheres.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  13. MUITO OBRIGADA, LAERTE.
    Lamento só chegar hoje, mas tive que preparar três 'posts' que publiquei hoje e entre 'posts' e comentários, é um nunca mais acabar.

    Foi um prazer lê-lo, agradeço os bons momentos de leitura...
    Agradeço também o apoio que tem dado no meu 'blog' de poesia.
    Publiquei hoje um poema que tem como figuras de estilo básicas, a ironia e a antíntese, mas parece que pouco interessou...
    A leitura deve dar dor de cabeça a quem só aprecia o 'delico-doce'...
    Continuação de dias bons e inspirados.
    Saúde e tudo bom para si e seus. Abraço amigo.
    ~~~

    ResponderExcluir
  14. Excelente homenagem às mulheres!
    Parabéns, amigo Laerte!

    Ótima quinta feira!

    Abraço amigo!

    ResponderExcluir
  15. Tu, Mulher
    Ser excepcional
    Que alimentas os dias
    Com o Amor
    Leite e Mel
    É de Ti que o Mundo bebe
    E mata a sede colada à pele.

    És a Fonte
    Cristalina criatura
    Que dádiva maior
    Poderia ser mais Natura?

    E todos os dias serão
    Mundial dia da Mulher!

    Bom homenagem, meu Amigo Laerte, a esta nossa Mãe, Companheira, Filha... Mulher.
    Um grande abraço e saúde.

    ResponderExcluir
  16. Amigo poeta,
    Que maravilhosa homenagem ao Dia Internacional das Mulheres, realmente você descreveu brilhantemente no seu poema o que é ser mulher e a importância delas na sociedade. Bato palmas para o lindo poema e convido o amigo a visitar uma publicação minha dedicada exclusivamente para as mulheres e o seu dia. Vou deixar o link abaixo para que possa visitar e desejo uma boa leitura!
    Um abraço!

    https://aleciosouza.blogspot.com/2020/03/mulheres.html#comment-form

    ResponderExcluir
  17. Amigo Laerte, peço desculpa pelo atraso em comentar tão maravilhosa homenagem. Mas como todos os dias são dias da mulher, hoje também é um nosso dia.
    Aqui, além de ter o prazer de ler, pura poesia, aprendo sempre com o seu saber sobre figuras históricas. Neste particular sobra estas mulheres guerreiras e valentes.
    Obrigada por nos fazer esta homenagem tão sincera e apreciativa.
    Bem-haja meu amigo.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  18. Muito obrigada por esta homenagem. Na verdade este dia continua a fazer sentido porque continuam a existir injustiças, desrespeito por direitos fundamentais em muitos países, diferenças de vencimento para as mesmas funções entre muitas outras situações que merecem ser corrigidas.

    Grata pela sua generosidade e pelas suas palavras sempre bonitas.

    Beijinhos,
    Vanessa casais
    https://primeirolimao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Fantástica homenagem à Mulher. Como mulher lhe agradeço.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  20. Belíssimo poema, uma maravilhosa homenagem, muito obrigado.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  21. Uma magnifica homenagem a todas as mulheres! Grata pela inspiradora forma como assinalou este dia tão especial, com uma bela retrospectiva de nomes sonantes e carismáticos... da historia, e da actualidade!
    Um grande abraço, Laerte! Continuação de uma boa semana, estimando que se encontre bem, assim como todos os seus!
    Ana

    ResponderExcluir
  22. Uma excelente homenagem à Mulher, na nota introdutória e no poema.
    Bom fim de semana, caro Laerte.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  23. Bom dia, Laerte!!
    Como já li essa postagem, passando hoje para desejar a vocês um feliz fim de semana, com muita saúde e esperança!
    Beijo a todos, já vi que estão bem!
    Agradeço de coração o 'envio' e dedicatória para nós.

    ResponderExcluir
  24. Bom dia, nobre Laerte !
    Que linda homenagem as mulheres. Alias, amei o seu espaço.
    Gratidão.

    Abraços,
    Dan
    https://gagopoetico.blogspot.com/2021/03/comida-poesia.html

    ResponderExcluir
  25. Uma digníssima veneração e respeito para assinalar, data de valor maior!

    Grata pelo poema que recebi lá. Deixo o endereço para não lhe causar os tais transtornos:
    Teresa Conde
    http://opalcoagoraemeu.blogspot.com

    Abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  26. Bonita homenagem ao dia da mulher.
    Gostei

    ResponderExcluir
  27. Homenagem pelo Dia Internacional da Mulher meu amigo Laerte, à Padroeira de nosso Estado, à tua esposa, Musa inspiradora, à nossa Heroína Anita Garibaldi, que neste ano de 2021 tem o registro de seu bicentenário, homenagem essa que tem a participação de Rodrigo De Haro, ilustre artista plástico catarinense de reconhecido valor artístico, e, por fim, esse teu excelente poema, fechando a merecida homenagem à todas as mulheres, depois das já menncionadas.
    Parabéns, caro amigo.
    Um bom domingo e uma ótima semana, com saúde e paz.
    Um grande abraço do teu amigo Pedro.

    ResponderExcluir
  28. Que linda postagem.
    Otima semana.
    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Linda homenagem! Minha mãe foi uma inspiração de pessoa para mim. Caridosa e amorosa. Me incluo na sua homenagem e lhe agradeço as belas palavras. haha
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  30. Bonita homenagem.
    A mulher é um ser fantástico. O que seria do homem sem ela?
    Abraço estimado e muita saúde.

    😉
    Olhar D'Ouro - bLoG
    Olhar D'Ouro - fAcEbOOk
    Olhar D'Ouro – yOutUbE * Visitem & subscrevam

    ResponderExcluir
  31. Passei para ver as novidades.
    Mas gostei de reler o seu excelente poema.
    Aproveito para lhe desejar um bom fim de semana, caro Laerte.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  32. Un homenaje impecable a la Mujer de todos los tiempos desde tus letras y desde el recuerdo de tantas de ellas que han sido historia .. Bellisimo poema.. Muchísimas gracias por tus preciadas letras Laerte!!!

    ResponderExcluir
  33. Sua publicação traz uma grande visibilidade às mulheres de Santa Catarina, ainda dá a conhecê-las para além do estado.
    Aqui é um lugar de história e memória.
    Parabéns.
    Obrigada, pela visita ao meu blog.
    Bom domingo, abraço.

    ResponderExcluir
  34. Obrigada pela homenagem,mesmo não sendo catarinense,sou mulher.
    E que linda homenagem as essas figuras que fizeram diferença na história do país e em outras terras!
    Boa noite pra ti.

    ResponderExcluir