Linguagem[+]

segunda-feira, 29 de março de 2021

AS CINCO CHAGAS DE CRISTO NA FLOR DO MARACUJÁ

 




Flores de maracujá (a flor da Paixão) - web

Sou grato a Deus por nascer em um país extraordinário, (multi)cultaral, (multi)climático, (multi)racial, em um território vasto, geograficamente continental.

E o povo do Nordeste brasileiro carrega uma lenda em que Cristo chorou e derramou sangue sobre a flor de maracujá em que se estampou as cinco chagas de Cristo com os três cravos cravados em seu corpo. A palavra maracujá, (do tupi - mara kuya, significa "alimento na cuia").

Então, que nesta Semana Santa, cada um aproveite para um tempo de reflexão. 

Conta a lenda que Jesus

Chorou sangue em sua dor 

Sobre uma estranha flor, 

Indo ao Calvário, à cruz.

 

A flor acendeu-se em luz 

Rocha de sangue; e um odor 

Desprendeu-se, embriagador 

Tal ao bálsamo que seduz.

 

Nessa nova flor se fez 

Estigmas postos em três, 

Quais cravos nele cravados,

 

Mais cinco antenas em cruz:

Cinco chagas de Jesus 

Que apagam nossos pecados.

Meus agradecimentos ao ilustre filósofo, professor, escritor e crítico literário  Adonay Moreira pela apreciação consignada em sua página literária, do meu modesto trabalho – AS ARMAS, E ALMA DO POETA: “A narrativa envolvente da obra revela o amor desse engenheiro das palavras pela frase bem colocada e pela procura constante do milagre da beleza."

Agradeço também ao amigo de longa data Pedro Luso de Carvalho, advogado, escritor e poeta, bem como sua digníssima esposa Tais, uma das maiores cronistas atuais do Estado do Rio Grande do Sul pelas palavras elogiosas e postagens de minhas duas últimas obras nos murais de seus blogs literários imagens dos livros - o referido acima e o UM SOL DADO À LIBERDADE.


55 comentários:

  1. Fabulosa, Brilhante, esta publicação. Confesso que me deixou extasiado. Parabéns.
    .
    Cumprimentos poéticos.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  2. Lindíssima flor e poesia que realmente vale pra reflexão nessa semana. Linda seja a tua! abraços, chica

    ResponderExcluir
  3. Muitos parabéns. Fiquei fascinada com a sua publicação! Lindo lindo!! :)
    -
    Algures duma janela tão distante...
    -
    Uma excelente semana - Beijo

    ResponderExcluir
  4. Olá, Laerte!

    Espero e quero que esteja bem de saúde e longe da Covid-19, tal como sua amada família. Eu estou bem e em teletrabalho, mas fartinha de confinamento. Temos de ter paciência para esse facto, pois me parece que as coisas estão melhorando um pouco.

    Que curiosa lenda! Desconheci-a, completamente, mas tem sua beleza, sim.

    Poeta é aquele que, independente da temática, faz um poema e esse é o seu caso e o seu dom. Gostei imenso de ler o que você escreveu, como sempre, com todo o sentido e talento.

    Abraço e uma feliz Páscoa, dentro do possível.

    ResponderExcluir
  5. Muito interessante. Desconhecia por completo a lenda, nunca vi a flor mas gostei do poema.
    Abraço, saúde e boa Páscoa

    ResponderExcluir
  6. A flor do maracujá é muito bonita.
    Feliz Páscoa!

    ResponderExcluir
  7. Que lindo poema,a flor de maracujá é linda, nao sabia sobre a lenda, aqui muito bem mostrado em versos bem colocados, tens um lindo dom, querido amigo poeta Laerte!
    Parabéns por mais um livro!
    Abraços bem apertados!

    ResponderExcluir
  8. Struggente questa leggenda, bellissima come il fiore ; felice di averla appresa visitando il tuo blog.
    Congratulazioni per i riconoscimenti e menzioni, per un artista è una carezza al cuore. Ancora complimenti
    Buona settimana Santa e i migliori Auguri di una Santa Pasqua in salute con la famiglia.
    un abbraccio

    ResponderExcluir
  9. Olá amigo!
    Adorei o poema e saber coisas sobre o maracujá eu tenho um no meu quintal mas confesso o meu marido não sabe tratar ele agora está com muita flor eu acho que devia ter sido mais cortado...um beijinho e resto de uma boa semana.

    ResponderExcluir
  10. Lindas imagens de flores de maracujá e bonita lenda!
    Tenha uma Semana Santa de paz, harmonia e com saúde!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Muito bela publicação! Grata.

    E muitos parabéns por seus trabalhos!

    Votos de um Santa Semana e uma Feliz e Santa Páscoa!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. No se que es lo mas maravilloso de esta publicación si la flor o la poesía donde nos narras la leyenda que tiene.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  13. Que linda história, adorei conhecer. Esse regionalismo é muito rico.
    Abraços e felicidades!!!

    ResponderExcluir
  14. Bom dia Laerte, acompanhando a sua sensibilidade para os tesouros da natureza, descubro, juntamente com a magia das lendas, que
    o Brasil, é o maior produtor - e também consumidor - mundial de maracujá.
    De grande delicadeza, essa flor parece ter sido tecida por experiente bordadeira onde não faltam nem as formas elaboradas, nem as cores que testemunham a ilimitada imaginação da mãe-natureza !:)
    um abraço

    ResponderExcluir
  15. Boa noite, estimado amigo!

    Hoje venho expressamente, para lhe desejar BOA PÁSCOA, a si e aos seus!

    Cumprimentos meus.

    ResponderExcluir
  16. Sempre li que foram os jesuítas pioneiros que deram ao maracujá o nome de ''fruta da paixao'', nomenclatura que ela contém na sua classificação científica : ela pertentence à família 'Passifloraceae' e género 'Passiflora'...
    Áparte estes preciosismos, o poema está belíssimo e muito oportuno.

    Sempre achei que o amigo tinha feito pouca divulgação das suas obras, pelo que, gostei de finalmente a ter feito.

    Estou em recesso, mas ando por perto. Espero-o no Refúgio dos Poetas... (Sorrisos...)
    Dias bons e serenos.
    ~~~~~~

    ResponderExcluir
  17. Que flores lindas e património tão rico que existe nesse país gostei

    ResponderExcluir
  18. Olá, amigo Laerte!
    Passei por aqui, para desejar uma boa noite, e desejar uma Feliz Páscoa!

    Abraço amigo!

    ResponderExcluir
  19. Encantada com o texto e o poema. Muito bom. Sempre desconfiei de uma magia, de uma luz, de algo que transcende às pétalas da flor do maracujá. Ignorava que é também conhecida por "flor da paixão". Parabéns . Feliz Páscoa !!!

    ResponderExcluir
  20. Amigo Laerte.
    Ser grato pelo seu país, é mesmo uma bênção de Deus.
    Desconhecia e fiquei fascinada pela lenda e pela beleza das flores de maracujá.
    O seu belo poema é uma reflexão e um desejo final que consigo comungo.
    Todas as homenagens que lhe prestarem são merecidas meu amigo.

    Um beijinho e uma Santa Páscoa para si e para os seus.

    ResponderExcluir
  21. Amigo Laerte:
    Espero e desejo que esteja bem de saúde, junto com os seus.
    Para esta Páscoa, também os meus melhores votos de felicidade e bem-estar.
    Fotos belas a ilustrar as cinco chagas.
    Gostei deste soneto, a propósito.
    Um forte abraço

    ResponderExcluir
  22. Uma lenda interessante. E muito bem poetizada.
    Os elogios à sua obra só podem ser verdadeiros e, por isso, legítimos e merecidos.
    Bom fim de semana e uma Páscoa Feliz, dentro do possível, caro amigo Laerte.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  23. Quero parabenizar vivamente o amigo Laerte pela publicação dos seus livros, bem como pelo sucesso e encómios recebidos.
    A decorrente Semana Santa proporcionou a divulgação da lenda da flor da Paixão e o despertar da sua sua sempre torrencial veia poética.
    Abraço de amizade e votos de boa Páscoa.
    Juvenal Nunes

    ResponderExcluir
  24. Meu caro Laerte,
    A maioria das pessoas procedem com reflexão, aquilo que muitas delas não conseguem, é colocar em prática o resultado reflexionado. A fé é importante neste sentido, pois, somos um País de gente fervorosa, então, que a fé mova esta “montanha virótica” para bem longe de nós o quanto antes. O problema porém, são os negacionistas do vírus, que fazem um tipo de “anti-reflexão”, no empenho de persuadir ao erro, quem quer fazer o correto.
    Um abraço, parabéns por tuas obras publicadas e uma boa Páscoa para ti e tua família!!!

    ResponderExcluir
  25. Olá Laerte- Gostei muito da sua descrição desta flor - passion flower, que também tenho no meu quintal e agora mesmo cheia de flores e a começar de aparecerem os frutos.
    Espero que tudo esteja a correr bem com a sua família. Votos de Santa Páscoa

    ResponderExcluir
  26. Meu amigo, merece sem dúvida as palavras de apreço que lhe foram prestadas. Aproveito também para lhe agradecer todos os maravilhosos momentos de poesia que sempre nos oferece.
    Tenha um Feliz Domingo de Páscoa
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  27. Adorei recordar a lenda, que associa tão invulgar e bela flor, à Pascoa, através das suas poéticas palavras!
    Gentilezas e elogios... merecidíssimos, como reconhecimento do seu excelente trabalho e pela pessoa generosa e amistosa, que é, Laerte!
    Deixo um grande abraço, e votos de um Santo Domingo de Páscoa, com saúde, para si e todos os seus! Tudo de bom!
    Ana

    ResponderExcluir
  28. Meu amigo Laerte gostei muito desta tua postagem, tanto pelo belo poema sobre a lenda da Flor de Maracujá, flor essa que inspirou tantos poetas brasileiros, e também pela lembrança feita a mim e a Taís sobre as postagens nos murais de nossos blogs, de teus dois últimos livros, "Um Sol Dado à Liberdade" e "As Armas, e Alma do Poeta".
    Aproveito o ensejo para encaminhar o link sobre a postagem que fiz em 9 de set. de 2015, no meu blog Panorama (que os comentários na época estavam fechados e agora estão abertos). No blog Panorama fiz referência ao lançamento de teu livro "Ilha de Idílios", juntamente com algumas fotos.
    Amigo, espero que tenhas passado uma Santa Páscoa com tua família.
    Grande abraço.

    Deixo o link aqui:

    blog PANORAMA: LAERTE TAVARES – Ilha de Idílios (panorama-direitoliteratura.blogspot.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o link certo da postagem no blog Panorama do livro do poeta e escritor LAERTE TAVARES, "Ilha de Idilios":

      https://panorama-direitoliteratura.blogspot.com/2015/09/laerte-tavares-ilha-de-idilios.html

      Excluir
  29. Conocía la leyenda de que en la flor de la pasión se veían perfectamente las cinco llagas de Cristo.
    En España es muy común ver muros tapizados con esa planta que, con buen soporte, puede llegar a alcanzar 20 metros de altura. Lo más espectacular son sus flores que aman la luz exterior.
    Y lo que más me ha calado hondo, ha sido la preciosa poesía con el mensaje de perdón: "Cinco chagas de Jesus que apagam nossos pecados"
    Cariños y buen comienzo de semana.
    Kasioles

    ResponderExcluir
  30. Passando para lhe desejar uma Feliz Páscoa, abençoada e iluminada pela esperança! Magnífico esta poesia, amei!
    Abraços fraternos!

    ResponderExcluir
  31. Talvez gostasse de morar numa ilha assim - gostei do poema que deixou no seu comentário lá na dona-redonda.
    um beijinho e uma boa semana

    ResponderExcluir
  32. Muy buen blog!

    Te invito a visitar el mío!

    Blog de LEGO

    Avisame si te interesa intercambiar links! mis blogs son pagerank 3!

    Tengo tambien

    Horarios Buquebus

    Futbol Total

    Futbol Total en IG

    Turismo en Argentina

    Muchas gracias!


    ResponderExcluir
  33. Meu amigo escritor e poeta Laerte, gostei imensamente dessa lenda das lágrimas de Cristo e seu sangue sobre a Flor de Maracujá, que descrição linda! O poema é belíssimo, para se fazer várias leituras e prestar atenção nas entrelinhas. Parabéns sempre, sucesso sempre, amigo!
    Obrigada digo eu pelas tuas amáveis e generosas palavras a meu respeito, uma generosidade de amigo.
    Espero que Sandra, Arthur e tu tenham passado uma páscoa alegre, na medida do possível.
    Infelizmente estamos atravessando uma fase que jamais pensamos em passar, mas vamos sair dessa, e precisamos de uma dose enorme de esperança.
    Beijo e abraços a todos vocês, uma boa semana, cuidando-se muito.

    ResponderExcluir
  34. É linda a flor de maracujá!
    Agradeço o belo poema que deixou lá no meu espaço.
    Os netos são a nossa renovação!

    Abraço

    ResponderExcluir
  35. Muito curiosa e maravilhosa a lenda das lágrimas de Cristo na flor do maracujá. Adorei lê-lo.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  36. Oi Laerte
    As lendas me fascinam, eu fiz com meus alunos um livrinho de lendas, ficou lindo.
    Meu filho está na quarta Faculdade: vai gostar de estudar n'outro planeta.
    Deus o livrou de um casamento: capito?
    Muitos ex- alunos se formaram na USP.
    Abraços
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  37. Olá caro Laerte. Boa noite.
    Confesso que desconhecia a lenda da flor de maracujá. Quanto a (multi)cultura só agregou elementos à fé de um país plural. Somos mesmos abençoados por nascer e viver em uma terra rica e tão acolhedora,mesmo que mal administrada ao longo da História. Sou alagoana e conheço outras lendas da "semana santa" ou da Paixão de Cristo envolvendo os pássaros Bem-te-vi e um outro chamado Fogopagou (desconheço),nunca busquei fazer pesquisas sobre. Fiquei na tradição oral,ouvia minha tia e minha mãe contar.
    Fique bem!

    ResponderExcluir
  38. Olá meu amigo!
    Lindo o seu poema já agora lhe digo que gostava muito de viver assim nesse Paraíso um bjo

    ResponderExcluir
  39. Forgiveness mercy of all my sins bless all of us and the whole world thank you gratitude jesus i trust you thank you gratitude 🙏

    ResponderExcluir
  40. Que flor maravilhosa.
    Espero que esteja tudo bem.
    Abraço

    ResponderExcluir
  41. Desejando uma boa noite!

    Quando Jesus Cristo sofria
    Com prego pregado na mão
    Chorava triste o Aleluia
    Em emblemáticos frutos da paixão

    ResponderExcluir
  42. Quando você achar que perdeu o chão, que não há mais saída pra você, saiba que a sua força deve estar no Senhor. Ele te sustentará, Ele te levará a pastos verdejantes 💖


    ResponderExcluir
  43. Olá, amigo Laerte!
    Belo poema sem dúvida!

    Meus votos de um excelente fim de semana!
    Abraço amigo!

    ResponderExcluir
  44. Boa noite Laerte,
    Um brilhante poema
    Só poderia ter escrito por você
    Abraços
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  45. Laerte,
    Hoje venho deixar
    meu abraço de domingo.
    Lindas as flores e a
    publicação rica
    como de costume.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  46. Olá, amigo Laerte!

    Espero que você, mulher e filho estejam bem de saúde. Eu estou livre, até hoje, da Covid 19.

    Passei por aqui, hoje, para te desejar um bom domingo e te dizer que meu blog já me disse que queria um comentário seu em forma de poema. Olha que exigente, ele é! -rs.

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  47. Olá, amigo Laerte!
    Muito Obrigado, pela visita e gentil comentário.
    Votos de uma excelente semana, com muita saúde.

    Abraço amigo!

    ResponderExcluir
  48. Amigo Laerte, espero-o no Refúgio dos Poetas...
    O seu parecer a um soneto é sempre valioso.
    Regressando do meu recesso pascal...
    Continuação de dias agradáveis. Abraço.
    ~~~~~~~

    ResponderExcluir
  49. Passando a deixar um abraço, estimando que se encontre de saúde assim como todos os seus!
    Votos de uma excelente e inspirada semana, com tudo a correr pelo melhor, por aí!
    Ana

    ResponderExcluir
  50. Querido amigo, Laerte!

    Fiquei "derretida" com seu comentário lá no blog. Como não?
    Que comentário doce e bem humorado.
    Não precisa pedir perdão, coisa nenhuma, pois não cometeu crime nenhum "crime".

    Um beijão para todos aí de casa com carinho e gratidão.

    ResponderExcluir
  51. Olá, amigo Laerte!
    Passei por aqui, para desejar uma ótima quarta feira com muita saúde.

    Abraço amigo!

    ResponderExcluir
  52. Olá!

    Como por cá não há maracujá...
    não sabia dessa particularidade da flor.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  53. Olá, amigo Laerte!
    Passei por aqui, para desejar um feliz fim de semana!

    Abraço amigo.

    ResponderExcluir