Linguagem[+]

sábado, 15 de outubro de 2016

DIA DO PROFESSOR

Neste dia dedicado ao mestre, quero nas pessoas de meus parentes mais chegados, como: esposa, cunhada, filho, nora e a grande professora de meu filho Arthur, homenagear de maneira efetiva e afetiva todos os mestres que com empenho transferem o conhecimento, feitos processadores que fornecem os meios necessários e suficientes a aplainar o meio cognitivo no empenho do melhor acesso ao saber, num sentido de  uma forma ou fórmulas de ensinar o discípulo a aprender como aprender.

À MESTRA DE ENSINO EM SÉRIES INICIAIS

No dia do professor, 
Eu professo a gratidão
Do fundo do coração
A ti, o meu grande amor!

Dou nota dez com louvor
Por tua grande lição 
Sobre o amor ou paixão
E qual, do beijo, o sabor.

Além de mestra, és meu bem!
És a pessoa com quem
Trato de assunto qualquer.

E coincide também
Que tu és mestra, e além
Disto, és minha mulher.

28 comentários:

  1. Meu amigo Laerte, neste dia em que é dedicado ao professor, tu não esqueces os mestres que lhe toucaram o coração, e então dedicas esse dia a Mestres que são teus parentes, e os enumera: esposa, cunhada, filho, nora e a grande professora de meu filho Arthur. E dedicas a todos os demais professores, que são responsáveis, todos eles, para formação cultural e moral de nossas crianças e dos mais velhos.
    Mas o poeta Laerte, não perderia a oportunidade de escrever um poema para a mestra do seu coração, e declarar o seu amor à professora e esposa, por saber ele que se rega as flores para que mantenham os tons de suas cores e os perfumes que enebriam o jardineiro. Esse é o engenheiro-poeta, eternamente romântico .
    Grande abraço.
    Pedro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pedro, eu ainda sou marinheiro de primeira viagem nessas nuanças de editar textos, comentários e outras nuanças que derivam disso. Já respondi teu comentário e não foi gravado. O pior é que quem me deu nota zero foi ela, minha professora que descobriu isso, sobre quem respondi a ti que é dando que se recebe e agora peço a ti que me perdoes pois também é perdoando que se é perdoado e é amando se vive como se a vida fosse eterna. Por isso eu amo e declaro como faço ao imposto de renda para não cair na malha fina. Grande abraço, Pedrão e minha gratidão por tuas dicas. Laerte - amigo de sempre e eterno.

      Excluir
  2. Ops!! que linda declaração à tua Musa inspiradora, Laerte! Três vezes: como esposa, mãe e professora. Lindo! Professoras entram na nossas vidas e nunca mais esquecemos; as minhas foram minhas amigas e conselheiras.
    E à tua linda Sandra, deixo um beijo e parabéns pelo seu dia!
    Meu carinho pra vocês!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tais, Sandra agradece as palavras de carinho, retribui e te felicita. Temos que renovar diariamente nossa declaração de amor como que um gesto de novo brinde à vida que também se renova a cada alvorada. Muito obrigado, Tais. Abraço fraterno. Laerte.

      Excluir
  3. "A mestra do coração" agradece pela homenagem, representando humildemente tantos outros mestres por tudo o que representam nas vidas de seus pupilos. Grata Tais pela lembrança e pelo carinho. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossos professores a gente nunca esquece, Sandra, levamos no coração pelo resto da vida! Fica aquela marquinha cravada, aquela gratidão...
      Beijinho!

      Excluir
  4. Prezados amigos, meu mais ilustre amigo, mestre, incentivador, professor, português, Afonso Guerreiro, a quem dediquei minha última obra - As Armas, e Alma do Poeta, escreveu-me por e-mail: "Meu Caro Amigo : - Ao ler S/Homenagens no Blog de ontem, fiz o m/comentário sobre elas, mas no fim não apareceu a necessária publicação. Por esse motivo, estou repetindo o texto que não consegui enviar : - Depois de apreciar as oportunas mensagens ao professor, a N. S. Aparecida, ao jejum dos judeus, às crianças e a si próprio por se considerar ainda criança, ao rei D.Dinis e, por acréscimo a outras figuras da literatura portuguesa,ao grande artista Rodrigo de Haro etc...,todas elas em versos de ótima construção métrica, literária e ideológica, me interrogo:
    Será que o Prémio Nobel da literatura atribuído este ano ao grande músico Bob Dylan não seria mais justo e legal se endereçado a um verdadeiro escritor, que usa a poesia e a literatura com tanta maestria,, competência
    e aptidão? - Aqui fica a indagação do Amigo Afonso Guerreiro." Tenho a acrescentar que gostei imensamente da brincadeira - comecei ontem e já fui indicado ao prêmio Sueco!?... Mas devo dizer também não entender o título.

    ResponderExcluir
  5. Uma homenagem maravilhosa... assinalando este dia especial... e homenageando também ... uma professora especial!
    Adorei descobrir este espaço, onde a inspiração impera!
    Se nos desejar visitar, estamos em artandkits.blogspot.com e adoraríamos a sua presença... muito bom descobrir tantas caras conhecidas, por aqui...
    Abraço! Boa semana!
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Ana. Se não visitei, visitarei com muito prazer. Realmente os professores merecem. Meu abraço fraterno e minha gratidão. Laerte (Silo)

      Excluir
  6. Laerte.
    Primeiro quero agradecer a sua amável visita e comentário no meu blogue.
    Este seu belo poema é uma dupla homenagem, a uma das mais nobres profissões do mundo e ao AMOR .
    ~Felizmente convive e é feliz com ambas.

    Um beijinho grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fê, muito obrigado. Sempre é dia de "Ao Mestre com Carinho" Grande abraço. Laerte (Silo)

      Excluir
  7. Descobri que seu nome é Laerte. Muito lindo o poema e os professores merecem todas as homenagens todos os dias.O que seríamos sem eles?
    E trabalham por amor,pois o salário é irrisório.

    Gostei de seu espaço!

    Não vi a opção de seguir você aqui,ou eu faria isso.

    Obrigada pela visita e inteligente comentário.

    Volte sempre!

    Feliz finalzinho de domingo e semana de Paz Profunda!

    Abraços fraternos

    Donetzka


    Blog Magia de Donetzka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha gratidão. Fico feliz em saber que gostou deste espaço. Retribuo paz e amor. Meu abraço fraterno. Laerte (Silo).

      Excluir
    2. Boa noite,Laerte. Demorei a visitá_lo porque meu Chrome travou,desinstalei e foi um terror até que eu instalei o firefox e estou aqui,retribuindo sua gentil visita e descobri seus seguidores! Uau! Já o sigo e voltarei aqui sempre! Creia que vou ajudá-lo a ter mais seguidores porque indicarei a quem me segue,ok?Gostei demais de seu espaçço,novo e já querido amigo.

      Não costumo ler respostas nos blogs que visito,mas vi a sua e respondi.Prefiro respostas nos comentários de meu blog.
      De acordo com o número de visitas ao meu,coloco o link do blog e nome da pessoa na categoria "Meus Blogs Favoritos' na lateral direita. Vou colocar o seu!

      Seu blog está na lista de Meus Blogs favoritos à direita do meu.Basta olhar!

      Tem posts novo no meu blog!

      Obrigada por sempre me visitar e deixar seus carinhosos comentários.

      Comente mais de 1 post,porque tem muitos nas "Minhas Categorias" à direita,ok?

      Feliz e abençoada semana!

      Beijos sabor carinho

      Donetzka

      Blog Magia de Donetzka

      Excluir
  8. Descobri que seu nome é Laerte. Muito lindo o poema e os professores merecem todas as homenagens todos os dias.O que seríamos sem eles?
    E trabalham por amor,pois o salário é irrisório.

    Gostei de seu espaço!

    Não vi a opção de seguir você aqui,ou eu faria isso.

    Obrigada pela visita e inteligente comentário.

    Volte sempre!

    Feliz finalzinho de domingo e semana de Paz Profunda!

    Abraços fraternos

    Donetzka


    Blog Magia de Donetzka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Donetzka, realmente os professores são uns heróis. Muito obrigado! Veja: O espaço para seguidores se encontra ao lado direito da tela na parte superior que inicia o blog. Realmente tenho que fazer uma longa campanha para angariar seguidores, visto que comecei a pouco, sou um iniciante de quase um ano, mas vejo que muitos blogueiros contam com mais de mil seguidores e eu, tadinho de mim, tenho apenas quatorze. Quem vê pensa que sou eu, mulher filhos, compadres e correlatos. Começo a fazer a campanha por você - ajude um irmãozinho carente a não ser tão sozinho. Quem ficar de seguidor, ganhará um pirulito pelo Natal como brinde à Noite Feliz do novo amigo. Será que vai dar certo? Conto com você. Use seu prestígio, por favor, no efeito multiplicador, para o meu sucesso. Meu abraço fraterno e minha gratidão, amiga. Laerte (Silo)






      Excluir
    2. Laerte, não sei se você sabe, mas, o Blogger está desativando os seguidores do antigo Google Friends e dando preferência para o Google+. Assim, quando clicamos em "seguir" no quadro de seguidores do Blogger, ocorre um erro. Já exclui o antigo quadro do meu blog. Agora só podem seguir pelo Google+.
      Abraços!

      Excluir
    3. Valeu, amigo! Obrigado pela informação e irei ao Google+ em seguida. Grande abraço. Laerte.

      Excluir
  9. Muito justa, sua homenagem àquelas e àqueles professores que dedicaram grande parte das suas vidas para nos transformarem no que somos hoje!
    Um forte abraço, Laerte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Nani, realmente esses mestres são uns heróis anônimos, como foram classificados por ocasião de seus protestos por melhores salários e condições de trabalhos, pois chegam a tomar surra de alunos marginais. Chegamos ao limite do insuportável, à tenção de ruptura. É triste, mas a constatação corrente; à degradação de um direito fundamental do cidadão brasileiro. Mas o que se há de fazer? Parece que há uma luz, por novos princípios que parecem emergir do seio da sociedade... E quem viver, verá! Meu abraço fraterno e minha gratidão. Laerte (Silo).

      Excluir
  10. Linda homenagem feita para esses profissionais tão especiais e necessários na vida de uma pessoa. Linda poesia.
    Abrçs

    ✿Blog: Autora Marcia Pimentel✿ ✿Instagram✿ ✿Twitter✿

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcia, minha gratidão. Agradeço penhorado sua visita e elogio, que faz parte da dinâmica incentivadora a quem escreve e quer dividir seus exclames silenciosos na forma de poema. Muito obrigado, Márcia, e volte sempre. Meu abraço fraterno. Laerte. (Silo)

      Excluir
  11. Olá Laerte! Fiquei muito feliz com a tua visita, teu amável comentário e, principalmente, por teres gostado das baboseiras que aqui tenho a ousadia de publicar. Isso somente aumenta a minha responsabilidade de melhorar tudo aquilo que crio e escrevo. Espero que voltes mais vezes, pois será sempre um prazer renovado. Eu, particularmente, aqui voltarei mais vezes, pois além de teres um espaço interessante e bastante aconchegante, tomei a liberdade de me tornar teu seguidor, isso até quando permitires, é claro.

    Belo soneto! Linda homenagem que prestas aos professores, inclusive a professora e mãe do teu filho, o grande amor da tua vida. Parabéns amigo!

    Abraços,

    Furtado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crea-me que suas declarações me comoveram. Eu também as vezes não creio no que escrevo, e possa sensibilizar alguém. Talvez ao que a gente pareça aleijado, por nossa exigência com a gente mesmo, cale fundo na alma do outro. A poesia é subliminar - uma relação entre o subjetivo e o exterior. Muitas vezes o que é belo a um, não é a outro. Por isso os grandes poetas como Fernando Pessoa, que é um dos maiores, é grande e imortal por atingir tantos. Tinha até um heterônimo (autor diferente) para atingir cada gosto. Minha gratidão, amigo! Grande abraço. Laerte.

      Excluir
  12. Caro mestre Laerte, ficou de uma lindeza esta declaração homenagem aos mestres, que sem eles não estaríamos aqui a deliciarmos com tão belos versos, onde o amor clama aplausos e o carinho passeia de braços abertos. Haja coração para receber tão bela homenagem. Coisa de mestre amigo.
    Grato pela sempre presença.
    Uma boa semana de paz com a família.
    Meu terno abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Toninho! O meu pai dizia que uma das maiores ingratidões a alguém é a ingratidão. Realmente, a ingratidão é a negação da ação amável recebida, é o vazio, é o nada que não atinge lugar algum ou a quem quer que seja, porém o ingrato é olhado pelo alheio, tendo a marca de Cain. Ele não matou alguém, mas tem a marca. Minha gratidão e abraço fraterno. Laerte.

      Excluir
  13. Maravilhosa homenagem aos nossos mestres que merecem todo esse carinho.
    Laerte,gostei muito da sua visita e comentário feito em versos.
    Obrigada e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
  14. Oi Carmem Lúcia, perdoe-me pela verificação tardia ao teu lindo comentário. Muitíssimo obrigado. Gostei também bastante de seu blog. Irei lá com maior frequência. Abraço cordial. Laerte.

    ResponderExcluir