Linguagem[+]

quarta-feira, 8 de março de 2017

MULHER

BENZEDEIRA DA ILHA DE SANTA CATARINA- FLORIANÓPOLIS SC

Hoje eu quero mandar flores
A todos os meus amores, 
À Rainha de Sabá,
À dama de Calcutá,
Para a minha mãe também
Que me vela do além.
À minha mulher amada,
Já a trouxe à luz da alvorada,
A eleita rosa encarnada.
Flores para Gioconda
Que tanto me olha e sonda.
Flores para Salomé,
À Virgem de Nazaré,
Àquela linda menina,
Sheherazade, Messalina...
Flores para a matriarca,
Às súditas e à monarca.
Flores à índia guerreira,
Para a mulher benzedeira.
Flores, flor, flores e flor
Com muito afeto e amor
Neste dia da mulher
Que a homenagem é mister.
Dia de consagração
Por tamanha devoção
Que devoto ao ser querido.
Mulher faz todo o sentido
Da minha vida e  destino.
Mulher é o ente divino
Que tanto me faz sonhar...
Viva o seu dia! E um altar...



46 comentários:

  1. Mulher, o ser mais belo do planeta! Mulher, eu te agradeço o meu ser, mulher foi criada para amar! merece todo o respeito do homem.
    Com o meu abraço.

    ResponderExcluir
  2. Grandiosa, linda homenagem!Adorei e obrigada pelo carinho! chica

    ResponderExcluir
  3. Olá, Laerte, que lindo! Que ritmo gostoso, e na medida que vai-se descendo, mais interessante vai ficando. Gostei muito! Poema diferenciado.
    E pela parte que me toca, agradeço sensibilizada!
    Abraço gaúcho!!

    ResponderExcluir
  4. Bonito poema! Sublime!
    Que seja um feliz dia para todas as mulheres hoje e todos os dias!
    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Belíssimo poema!
    Cheio de ritmo, lê-se quase cantando - já que é um hino à Mulher pode ser cantado...
    E, já que sou Mulher... sinto-me abrangida por tão lindas palavras.
    Obrigada!

    Gostei muito de seu espaço e voltarei sempre que possível.
    Grata pela presença na minha "CASA".

    Continuação de boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  6. Muito singular e grandíloquo este poema deixado à mulher
    de uma sensibilidade e talento admiráveis...
    Também tenho uma ofertinha para si, no meu espaço...
    Beijo, amigo.
    ~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  7. Um poema que homenageia todas as Mulheres de uma forma tão bela e original.
    Recebi a minha flor.
    Beijinho grato

    O Toque do coração

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pela lembrança neste dia especial em que presenciamos as mais diferentes formas de manifestações (algumas bizarras até e com outro sentido) para homenagear as mulheres. Mas tudo que é feito com carrinho e significado, com certeza, faz toda a diferença. Grata pelas flores!

    ResponderExcluir
  9. Ainda vim a tempo de ler este belo poema e recolher uma flor.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  10. Bonita homenagem ao Dia da Mulher!
    Obrigada pela visita no Fragmentos Poéticos.
    Abraço

    ResponderExcluir
  11. Caro Laerte
    Muito grata por seus votos.
    Voltarei com tempo para apreciar outros posts, e dizer de minha justiça... :)))))))))

    Continuação de boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  12. Caro Laerte,

    Belo poema-homenagem, com um sentir generoso
    numa amplitude para todas as mulheres.
    Apreciei a foto da Benzedeira, um símbolo da
    mulher sábia e tenho carinho e admiração por
    estas senhoras generosas.
    Agradeço pela sua visita gentil e comentário
    atencioso no meu blog.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  13. Esse é o poeta Laerte, que conheço, que tira seus poemas das pedrarias ou dos vendavais. Imagine-se, pois, a facilidade de poetar, que tem, quando é tema a mulher , como desta belíssima poesia "Mulher", poema que criou para fazer a sua homenagem àquelas que tem o dom de se desdobrar em nova vida. Este teu poema ajusta-se à perfeição ao Dia Internacional da Mulher. Parabéns ao poeta, à esposa e a todas as mulheres do mundo.
    Grande abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
  14. Sublimar o que é sublime é subir ao mais alto dos pedestais.
    Mulher é merecimento divinal que todos devemos venerar.
    Poema com poesia dentro.
    Perfeito!
    Parabéns, Laerte.


    Abraço
    SOL

    ResponderExcluir
  15. Linda e sentida homenagem.
    Bom fim de semana
    Um abraço
    Maria

    ResponderExcluir
  16. Muito bom! Criativa construção poética, mulher em vários estilos, vários jeito e condição de ser mulher. Bela homenagem. Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Uma bela e inspirada homenagem à Mulher.
    Gostei muito do seu poema, parabéns.
    Bom fim de semana, caro Laerte.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  18. não faz soneto quem quer
    apenas quem tem talento poético para tanto.

    abraço, grato

    ResponderExcluir
  19. é muito belo também teu poema de homenagem à Mulher

    abraço

    ResponderExcluir
  20. Prezado Laerte,
    obrigado pela visita ao Rimas Truncadas e pelo poético comentário...
    Gostei muito dos seus escritos e espaço...
    voltarei com calma ... desde que já o sigo.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  21. Beleza, maravilhoso poético.
    Lhe agradeça me ler. Saudações.

    ResponderExcluir
  22. Belíssima homenagem! Como mulher lhe agradeço.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Grata pela forma eloquente de dedilhar um poema dedicado à mulher. Para mim foi muito musical.
    Beijinho, Laerte.

    ResponderExcluir
  24. Num naipe de luxo, que denota a argúcia e sensibilidade do poeta, o verso soletra apenas um nome: Mulher.
    Grata, também eu, mulher.
    Bjinho Laerte :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata pelo belo soneto deixado no meu cantinho.
      :)

      Excluir
  25. Bela esta homenagem à Mulher! Muito grata, na parte que me toca.

    Gostei da sua visita ao "meu silêncio"
    E da bonita poesia
    Que lá deixou para mim
    Como rio melodia
    Que corre a alegrar o dia
    Apenas e só porque sim.

    Muito grata!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  26. Deu para perceber que é um poeta de mão cheia, perdoe-me a linguagem popular.
    Agradeço a sua visita e gostei da maneira talentosa como se expressa!
    E ao chegar aqui,não fiz que confirmar que o Laerte é realmente um poeta genial!
    Obrigada!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  27. Obrigado pelo carinho!
    Linda sua homenagem poética as mulheres!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  28. Belo, Laerte! Muito obrigada por esta homenagem às Mulheres. Sinto-me mimada aqui. O meu bem-haja!

    Também vim dizer-lhe que já consegui colocar no meu blogue a mini-aplicação dos seguidores.
    Vou seguir o seu blogue mas penso que não me verá, a não ser no aumento do número de seguidores, porque não assume a foto.

    Um abraço

    Olinda

    ResponderExcluir
  29. Um dia especial (como todos) para alguém eternamente Especial!
    Abraços, querido amigo!

    ResponderExcluir
  30. Que boa descoberta foi o seu blogue!
    Gostei muito
    Até breve

    ResponderExcluir
  31. Ninguém é tudo o que quer
    Mas, duma Mãe, é nascido.
    Essa Mãe é a Mulher
    A quem és agradecido.




    Abraço
    SOL

    ResponderExcluir
  32. Passando para desejar um excelente fim de semana
    Um abraço
    Maria

    ResponderExcluir
  33. Todo dia é da mulher
    Acróstico

    Depois de tempos a luta ainda se trava
    Indicando mundo infelizmente machista
    A mulher esta forte guerreira mui brava
    Deve ser vista por todas suas conquistas.

    A mulher, da humanidade é um esteio
    Mesmo que certos viventes achem que não
    Ungida, a mulher deve dizer a que veio
    Logo veremos que por certo tem razão.

    Homem, compreenda, toda mulher é o meio
    Ela nos conduz, como crianças, pela mão
    Realmente desde que mamamos no seio.

    ResponderExcluir
  34. Uau neste poema tantas mulheres para lembrarmos :)
    um beijinho e um bom Domingo
    Gábi

    ResponderExcluir
  35. Olá, amigo Laerte!

    Mto agradeço sua visita, sempre esperada e agradável, tal os lindos versos, k deixou lá no blog.

    E de dizer dos k você, tão magistralmente, sempre compõe? Simplesmente, sublimes e esses não são exceção.

    Todavia, meu querido amigo, quero lhe dizer que sou contra a comemoração do Dia da Mulher, pke acho que é uma atitude discriminatória, em minha opinião. Afinal, os dias feitos por Deus são TODOS para o homem e para a mulher.

    De qualquer jeito, quero agradecer seu maravilhoso gesto!

    Abraços e bom domingo.

    ResponderExcluir
  36. Que lindo!!! Adorei passar por aqui e ler este texto tão querido.
    Como mulher, obrigada :)
    E obrigada pela suas palavras lá no blogue, adorei o poema das couves. Colocou um sorriso no meu rosto :)
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  37. Que maravilha! Meu amigo engenheiro, você é um grande poeta!

    Beijinho

    ResponderExcluir
  38. Poeta Laerte, boa tarde! Vim te agradecer pelo carinho deixado em forma de soneto, AMEI! Publiquei junto ao meu para dar mais cor e brilho ao meu blog...muito obrigada! Sua visita me alegrou sobremaneira, pois só assim, pude conhecer seu cantinho e me encantar com seus belíssimos escritos! O poema dedicada a nós mulheres é por demais lindo e comovente, toca a alma e cala fundo...saio daqui emocionada e encantada! abraços, ania..

    ResponderExcluir
  39. Viva! Grata pela visita iluminada em versos no meu versosdeluz. Beijo

    ResponderExcluir
  40. Adorei o poema. Linda homenagem a mulher. Um abraço.

    ResponderExcluir
  41. Que lindo! Uma merecida homenagem a todas as mulheres. Adorei a foto da benzedeira também.

    Parabéns pelo espaço. Voltarei mais vezes por aqui.

    Abraço.

    Isabel Gomes

    ResponderExcluir
  42. Grato abraço pelo delicioso poema !

    ResponderExcluir
  43. Meus diletos e nobres amigos, venho penhorar meus agradecimentos às visitas suas, a este espaço modesto, que tanto me honram. Minha gratidão também pelas palavras de carinho e incentivo aos meus pobres textos, escritos com amor ao que pouco sei fazer - versos que transportem poesia, mas me contento com os versos vazios e aleijados que faço, por estribarem-se em um bom propósito - contribuir um pouquinho para maior humanização do meio que anda tão embrutecido. Abraços a todos. Laerte.

    ResponderExcluir