Linguagem[+]

sexta-feira, 25 de maio de 2018

A IMPONDERÁVEL LEVEZA DO VERSO



Para homenagear meu próprio livro de haicai, lançado recentemente, publico alguns dos versinhos nele contidos.
Haicai é um estilo literário de poesia de origem japonesa (haiku -俳諧) que surgiu aos moldes das produções existentes entre os séculos IX e XII, designada na época por tanka, cuja representação literária diferencia-se dos tradicionais poemas, pelo fato de serem pequenos, sem título, mantendo a métrica no formato oriental. Hai, no linguajar japonês significa brincadeira e kai, harmonia. Originalmente o poema não tinha rima, mas ao passar dos tempos, algumas modificações foram ocorrendo na estrutura dos haicais, critérios que se mantiveram, onde houve a introdução das rimas, em que o primeiro verso com cinco sílabas (pentassílabos), rima com o terceiro verso, também de cinco sílabas, enquanto o segundo verso, de sete sílabas (heptassílabo), tem a rima entre uma palavra anterior com a última palavra do mesmo verso. As sílabas são gramaticais não poéticas (tônicas). Eis alguns dos poemas extraídos do livro A IMPONDERÁVEL LEVEZA DO VERSO 

Ser sonho enorme
Vez de minha pequenez
Justa e conforme

Amar é a arte
A qual parte e reparte
Parte por parte

Todo avarento
É um verme com epiderme
Sem excremento

Cadente estrela
É façanha tamanha
Somente vê-la

Burro tem mágoa
Sozinho leva vinho
Mas bebe água

O bicho homem
Rico é um nanico
Só com abdômen

Efêmera flor
De cerejeira beira
O pleno esplendor 



45 comentários:

  1. São lindos os teus haicais! Gostei de vê-los aqui! abraços, ótimo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, os escritos no seu livro são belos, gostei de os ler.
    Bom fim de semana.
    AG

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, Silo!

    "Cadente estrela
    É façanha tamanha
    Somente vê-la"

    Tão bonito que recortei para minha meditação, com sua licença.
    Sucesso e realização com seu novo livro!
    Seja muito feliz e abençoado junto aos seus amados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
  4. Não sabia o que eram hacais :))

    Hoje:- Tocar-te-ei, sem limites, qualquer canção .

    Bjos
    Votos de uma óptima Sexta -Feira

    ResponderExcluir
  5. É uma forma de poesia muito interessante, de que só tomei conhecimento há pouco mais de um ano.
    Parabéns pelo seu livro.
    Um abraço e bom fim-de-semana

    ResponderExcluir
  6. Belíssimos teus haicais! No meu novo blog Fé $ Poesia tenho dois haicais, não chegam a plenitude desses seus, mas dá para apreciar um pouquinho.

    https://feeapoesia.blogspot.com.br

    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  7. Voltei para parabenizar pelo seu livro e ressaltar o reforço dos meus conhecimentos sobre a estrutura do haicai com esta sua partilha.
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  8. que belo dia Laerte! no seu blogue aprendi alguma coisa relacionada com a cultura e a arte:)
    não conhecia essa técnica com origens no oriente ! aparentemente a fama dessas pessoas associa-lhes muita sensibilidade e reserva no pensamento e na expressão :)
    abraço
    Angela

    ResponderExcluir
  9. Caro amigo Laerte,

    Fiquei encantada com o poema, o título do
    livro, a capa, uma obra de arte especial e
    meus votos de muito sucesso!!

    Parabéns pelo livro e o Haicai é uma arte
    da sutileza, profundidade e sabedoria filosófica
    que eu aprecio imensamente.

    Grata pela leitura do seu excelente poema,
    arte pura, amigo.
    Abraço de admiração.

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela obra, Amigo.
    O título está magnífico!
    Desejo-lhe o maior sucesso.
    Apreciei os seus Haicais inteligentes.
    Dias harmoniosos repletos de alegrias e ótimas inspirações.
    Abraço, Laerte.
    ~~~~
    ~Ps~ Hoje citei-o na minha publicação.

    ResponderExcluir
  11. Le mie congratulazioni per il libro è un piacere poter leggere i tuoi scritti, grazie per essere passato sul blog e se posso volevo prendere qualche verso delle tue poesie le volevo inserire sul mio blog, sempre con il tuo permesso. Un abbraccio e buon fine settimana

    ResponderExcluir
  12. Um jeito interessante de POETIZAR e o poema ficou maravilhoso!bj

    ResponderExcluir
  13. Já conhecia um pouco desse estilo poético. Muito bom, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  14. Trabalho de excelência e sensibilidade. É bom o conhecimento que nos estende para outras culturas. Do Japão, a paz e a tranquilidade são reflectidos nas suas criações.
    Parabéns, Laerte.

    Abraço
    SOL

    ResponderExcluir
  15. Que lindo Silo, ver mais um filho criar asas e ganhar o mundo.
    Parabéns amigo e sucessos.
    Belos exemplos como ilustração.
    Abraços e bom domingo.

    Nasce um livro.
    Show de sensibilidade_
    Silo Poeta.

    ResponderExcluir
  16. Olá querido amigo Laerte! Que lindo! Adorei conhecer mais um de seus lindos poemas. Você Sempre muito especial, talentoso e cheio de sabedoria que me deixa encantada, parabéns pelo belo trabalho, felicidades e sucesso sempre, receba o meu carinhoso abraço. Elaine

    ResponderExcluir
  17. Amigo Laerte
    Os seus haicais , tal como a palavra primitiva indica, são plenos de harmonia poética e com que facilidade se expressa!!!Muitos parabéns.
    Uma bela homenagem!
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderExcluir
  18. Ne ho letto da poco tempo di questo stile letterario nel blog di un'amica che seguo ...e mi hanno molto incuriosita ...complimenti per questa tua mirabile arte ...un caro saluto

    ResponderExcluir
  19. Belíssimos, nossa, como isso deve ser difícil, seguir a métrica requer talento, parabéns!
    Amei ler e o que me pegou foi:
    "Efêmera flor
    De cerejeira beira
    O pleno esplendor"

    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  20. Elaborar "Haicai" é se envolver com suprema arte detalhista. Parabenizo-o no lançamento de mais uma obra!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  21. Hahahhahaha, haicais inteligentes meu amigo!!
    Como sempre tudo por aqui é inteligente.

    ResponderExcluir
  22. Muitos Parabéns, pelo Livro.
    Parabéns pelos seus Hacais. Você é de facto uma pessoa com excelente talento.
    Continue.

    ResponderExcluir
  23. Votos de enorme sucesso para si e seu livro.
    Boa semana

    ResponderExcluir
  24. Gosto de haicais, embora não me atreva a fazê-los. Dou-lhe os parabéns pelo seu livro e pelos haicais que partilha aqui.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  25. Felicidades por tu libro. Muchos besos.

    ResponderExcluir
  26. Olá, amigo Laerte, gostei muitíssimo dos teus Haicais e de sua história, já conhecia um pouco, mas não os detalhes técnicos.
    Parabéns, amigo, pelo livro e pelas construções, pequenino mas perfeitos, harmoniosos.
    Grande abraço!

    Amar é a arte
    A qual parte e reparte
    Parte por parte

    ResponderExcluir
  27. Parabéns pelo seu livro e pela sua bela poesia.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  28. Muito interessante este género literário que não conhecia.Li e gostei e parabéns pelo livro.

    Boa semana

    Bjgrande do Lago

    ResponderExcluir
  29. Muito obrigada por tão linda poesia em meu blog.
    Foi um lindo presente que ganhei as vésperas do meu aniversário.
    abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  30. Se já sou um confesso analfapoético modo geral, tanto mais ainda o sou a este nível da poesia de origem nipónica. Mas após concretizado o poema por quem, como o estimado Laerte de devida e inspirada competência, tão pouco deixo de apreciar e no caso de gostar.

    De resto muitos parabéns pelo e para o livro, que se e quando possível... espero poder adquirir.

    Excelente resto de semana

    Abraço

    VB

    ResponderExcluir
  31. Só hoje vi.
    Peço desculpa mas a verdade é que o Blogger tem andado muito estranho.
    Aquele abraço

    ResponderExcluir
  32. Oi! Laerte,
    Aqui estou eu, agora, como seguidora / leitora de suas postagens.
    Parabéns pelo lançamento do seu livro HAICAI, a imponderável
    leveza do verso!
    Voltarei, outras vezes, para ler suas postagens antigas.
    Sucesso!

    ResponderExcluir
  33. Gostei muito do teu poema baseado no meu.

    Obrigada pela gentileza

    Bjgrande do Lago

    ResponderExcluir
  34. "Burro tem mágoa
    Sozinho leva vinho
    Mas bebe água"

    Uma maravilha...Adorei.
    Abraço

    ResponderExcluir
  35. Olá muito lindo seu poema, parabéns pelo seu livro, abraço

    ResponderExcluir
  36. Felicidades por el libro...que sea un exito.....Bellos haiku. Un gusto leerte.....saludos

    ResponderExcluir
  37. Mais um livro de poemas, Laerte, que tem por título HAIKAI. Gostei da capa, que aparece nesta postagem, como gostei dos poemas, essa forma tão sintética de poetizar, que nos legaram os japoneses. Imagino o que contém essa tua obra mais recente, se com as mostras aqui editadas fica-se maravilhado. Não tenho dúvidas que o sucesso de HAICAI, teu novo filho, começará por Florianópolis. Espero que logo chegue a Porto Alegre, o que de resto não será difícil, já que a sua distribuição se dá pela poderosa Amazon. Parabéns pelo novo e importante feito, e sucesso, que será merecido. Um grande abraço amigo Laerte.
    Pedro

    ResponderExcluir
  38. Lindo poema.
    Muitos parabéns e muitas felicidades para o seu livro.
    Um abraço
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  39. ¡Hola Leerte!

    Felicidades por ese libro de haikus, que sea todo un éxito, que seguro lo será. Mi enhorabuena.

    Me encantan estos hakus que riman bellos, yo también hago alguno, mas no son tan bonitos como estos.
    Siempre es muy grato pasar por esta tu casa, donde se respira poesía por las cuatro esquinas.
    Gracias por compartir tus bellísimas letras, es un honor.

    Te dejo mi inmensa gratitud por dejar tu bella huella en mi espacio con un bello soneto que da un aire fresco a mi alma.
    Te dejo un beso, con mi gran estima y admiración.
    Se muy, muy feliz.

    ResponderExcluir
  40. Paso de nuevo para corregir lo que no está correcto. ¡¡¡Laerte!!!

    Y de paso te dejo un humilde Tanka.


    Linda mañana
    que de bellos colores
    viste los sueños

    en el alma aquietada
    de balcones abiertos.

    Marina.

    ResponderExcluir
  41. Vim agradecer as carinhosas rimas ao meu amadorístico trabalho e conhecer seu espaço poético.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  42. "Cadente estrela e efêmera flor". Versejar em três estrofes, é duro.
    Belas construções dessa poesia oriental.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  43. Ola Silo,
    Grata pelas belas palavras que deixastes no meu blog.
    Eu adorei. Mui belo.

    Amar é a arte
    A qual parte e reparte
    Parte por parte

    Achei lindo>
    beijos

    ResponderExcluir