Linguagem[+]

domingo, 17 de junho de 2018

HOJE, A PALAVRA É: LUTO




Com grande pesar, este blog que se propõe ser um blog literário, neste dia vem comunicar o falecimento ocorrido na última quarta-feira, e convidar para a Missa de Sétimo Dia de Antônio Carlos Konder Reis, sem deixar de postar ao mesmo tempo, um dos textos literários escrito há algum tempo por Dr. Antônio que era membro da Academia Catarinense de Letras; meu vizinho, grande amigo de elevada estima e consideração e um político bem quisto não só em nosso Estado, mas em todo o território brasileiro por ter sido ele, o relator da última Carta Magna ou Constituição Brasileira de 1988. Antônio Carlos Konder Reis nasceu em Itajaí, SC em 16/12/1924 e faleceu em 12/06/2018, em Itajaí, SC, filho de Oswaldo dos Reis e Elisabeth Konder Reis, irmão do poeta Marcos Konder Reis e sobrinho de Adolfo Konder, Arno Konder, Vítor Konder e Marcos Konder, figuras de destaque nacional. Antônio foi um dos maiores estadistas brasileiro e advogado por profissão,  participando, em 1946, do Congresso Nacional dos Estudantes, sendo eleito secretário de intercâmbio da União Nacional de Estudantes. Foi deputado à Assembleia Legislativa de Santa Catarina na 1ª legislatura (1947 — 1951) e na 2ª legislatura (1951 — 1955). Elegeu-se deputado à Câmara dos Deputados por Santa Catarina na 40ª legislatura (1955 — 1959) e na 51ª legislatura (1999 — 2003), senador (1963 — 1975), vice-governador do Estado de Santa Catarina (1991 — 1995) e governador de Santa Catarina (1975 — 1979) e em 1994. Era membro da Academia Catarinense de Letras, empossado na cadeira 22 em 30 de março de 1983. Homem público exemplar, notabilizando-se por sua retidão de caráter e honestidade, orgulho para seus compatriotas. Ele era de uma simplicidade impar em que preferiu viver seus últimos vinte anos de aposentadoria, morando até sua morte aos noventa e três anos de idade junto a pescadores artesanais em uma casinha modesta à beira do mar em Armação do Itapocoróy, Penha, SC, onde éramos vizinhos. Dedicava-se quase que exclusivamente à leitura, à escrita, à religião católica e ao convívio com os amigos locais. Desde tenra idade tinha adoração pelos textos de Tolstoi, enquanto seu irmão, Marcos Konder Reis, grande poeta brasileiro, tinha admiração por Dostoiévski. Antônio Carlos, orador emérito e escritor meticuloso no trato da língua portuguesa e da palavra bem empregada, escreveu diversos textos magníficos. Vejam este a seguir, de Antônio Carlos Konder Reis:


25 comentários:

  1. Ficamos órfãos e bem mais pobres culturalmente... Paz para sua alma e conforto para os familiares.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Triste perda! Que edle descanse na PAZ! Abraço,chica

    ResponderExcluir
  3. Meu amigo Laerte, sei que a morte de Antonio Carlos Konder Reis se constitui numa grande perda para o Estado de Santa Catarina, já que ele foi um dos seus políticos mais brilhantes, exercendo os mais variados cargos na política catarinense por largos períodos de sua vida. Foi político abnegado, honesto e defensor do Estado de Santa Catarina. Essa perda, também se constitui em pesar para pessoas que estavam a ele ligadas por vínculo de amizade, dentre as quais tu estavas incluído. Meus sentimentos a todos os catarinenses e a todos os amigos pessoais de Antonio Carlos Konder Reis que certamente terá um espaço glorioso na História do Estado e do país.
    Grande abraço meu amigo.
    Pedro

    ResponderExcluir
  4. Há pessoas que pela sua postura no mundo, ganham o estatuto de imortais.
    Paz à sua alma.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
  5. Carissimo è triste leggere questi post, lasciano un vuoto incolmabile.
    Ciao e buona giornata con un forte abbraccio e un sorriso:-)
    Tomaso

    ResponderExcluir
  6. Olá Laerte

    como se diz que o homem não morre quando a sua obra permanece,
    assim esse homem de grande valor vai permanecer no coração e na memoria dos habitantes da sua terra ! seguramente uma vida inspiradora para muitos, e valeu a pena o seu trabalho e a sua vida de cidadão exemplar:)
    um abraço,
    Angela

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, Laerte!
    O que me anima muito são estes exemplos que ainda temos no Brasil.
    Seja feliz e abençoado!
    Abraço fraterno de pesar

    ResponderExcluir
  8. Paz à sua Alma.


    Do Gil António:- Sonho de um amor inconstante

    Bjos
    Votos de uma óptima tarde.

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia o senhor.
    Deixo meu voto de pesar.
    Abraço

    ResponderExcluir
  10. Boa noite meu querido amigo Laerte! Sinto muito pela perda desse politico tão importante e de grande qualidade como foi o senhor Antônio, infelizmente o Brasil não mais vai ter homens de tão grande virtude para nosso senário politico, mas na vida tudo tem que passar, e nós seres humanos não podemos mudar esta dura realidade, ainda bem que ele vai deixar o seu legado de honra e exemplo para homens de bem sentir-se orgulhoso de ter conhecido este ser humano incrível. Receba o meu abraço e meus sinceros sentimentos pela perda do senhor Antônio. Que Deus conforte sua família e reserve a ele um bom lugar, um grande abraço querido Laerte e parabéns pela linda e merecida homenagem ao senhor Antônio Carlos Konder Reis.

    ResponderExcluir
  11. Que repouse em paz.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderExcluir
  12. vao-se os melhores, caro amigo Laete...
    o meu abraço sentido

    ResponderExcluir
  13. Como disse um poeta meu Amigo: "Um amigo que parte é uma ferida na luz…". Sinto muito a sua perda. Que tenha um descanso eterno.
    Obrigada pelo seu comentário, sempre tão original…
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  14. Teve uma vida longa e foi um HOMEM de bem.Paz à sua alma. Que a sua obra perdure e sirva de exemplo a quem ficou!
    O meu abraço.

    ResponderExcluir
  15. "Algo se muere en el alma, cuando una amigo se va."
    Um abraço de solidariedade.

    ResponderExcluir
  16. Uma grande perda. Que repouse em paz. Que Deus o tenha!
    Abraço Laerte!
    Continuação de boa semana.

    ResponderExcluir
  17. Entristece, mas a vida, por vezes, é assim de cruel, sendo lei de vida. Que descase em PAZ.
    Hoje mais do que nunca, abraços de vida.

    ResponderExcluir
  18. Sentidas condolências! A julgar pelo texto, deixa um bonito legado.

    Chegou ao fim o nosso conto escrito a várias mãos "Voar Sem Asas". Convidamos-vos a ler o capítulo final.
    https://contospartilhados.blogspot.com/2018/06/voar-sem-asas-capitulo-xvi-final.html

    Votos de um excelente fim-de-semana.
    Saudações literárias!

    ResponderExcluir
  19. Um grande homem que soube fazer um bom uso do dinheiro público, beneficiando, principalmente, regiões mais desprovidas de recursos.

    ResponderExcluir
  20. O meu pesar. Aos enlutados o meu sentido respeito.

    SOL

    ResponderExcluir
  21. Uma perda triste para todos que o conheciam e amavam. Meus sentimentos aos familiares e amigos!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  22. Obrigado pelo seu comentário .....
    Sou um artesão, bem rústico, mas vão saindo
    umas coisas. Ocupar o tempo é preciso.....
    Abraço

    ResponderExcluir
  23. Muito triste qualquer perda ,mas pense que a morte é apenas uma passagem para outro plano e que um dia todos nos reencontraremos.É como uma lagarta que sai do casulo e vira uma borboleta livre que voa para Deus!

    Estou com problemas para acessar blogs amigos pelo celular e meu marido fez 3 cirurgias entre fevereiro e março desse ano. Somente eu posso cuidar dele e fico sem tempo para a net.

    Obrigada pela visita,amigo.
    Volte sempre.Assim que meu marido se recuperar,retorno mais vezes.

    Beijos sabor carinho e linda noite de terça-feira

    Donetzka

    ResponderExcluir
  24. A perda dum ser humano é irreparável, mas neste caso fica-nos a sua obra.
    Expresso o meu mais profundo sentir, pois dói, e muito, o silêncio da ausência.
    Abraços de vida

    ResponderExcluir